Conservadores têm 39% das intenções de voto na Grã-Bretanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de março de 2004 as 05:09, por: cdb

Os conservadores têm 39% das intenções de voto entre os eleitores britânicos, ou seja, cinco pontos a mais do que os trabalhistas do primeiro-ministro Tony Blair (34%) e disparados na frente dos liberais democratas (20%). A informação é de uma pesquisa do instituto YouGov publicada na edição desta segunda-feira pelo jornal ‘Telegraph’.

O estudo mostrou, além disso, que 60% dos entrevistados desaprovam o governo trabalhista, contra 29% que o apóiam. Mesmo assim e, paradoxalmente, 32% dos eleitores afirmaram considerar Blair o ministro ideal para o país, contra 29% do líder conservador Michael Howard e 13% do chefe dos Lib-dems, Charles Kennedy.

Se a imagem pessoal de Tony Blair continua intacta, de certa forma, o governo que dirige, para 66% dos entrevistados, não é ‘honesto nem digno de confiança’. Esta pesquisa foi realizada via internet pelo instituto YouGov com 2.500 pessoas entre 22 e 25 de março.