Candidatos à presidência da Câmara defendem independência da Casa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de fevereiro de 2005 as 12:23, por: cdb

Em debate na rádio CBN, nesta quinta-feira, os deputados Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), Virgílio Guimarães (PT-MG) e José Carlos Aleluia (PFL-BA), candidatos à presidência da Câmara, mais independência da Câmara em relação ao Executivo.

Greenhalgh disse que a Casa precisa construir uma pauta própria para que a “sociedade tenha uma maior participação no Poder Legislativo”. Virgílio lembrou que a própria Constituição garante a independência, desde que haja “harmonia” entre os poderes. Os outros candidatos concordam.

Os deputados divergiram nas opiniões sobre a equiparação dos salários dos deputados com os rendimentos dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Greenhalgh avalia que a questão deve ser “discutida com transparência pelo plenário” e não ser colocada “nos ombros do presidente da Câmara”.

Virgílio disse que a Câmara “gasta muito e gasta mal” e propôs uma reforma administrativa para que ela seja mais “eficiente e voltada às atividades fins”. Aleluia disse ser contra o aumento salarial porque o tema não faz parte da agenda do país. 

– Temos é que melhorar a imagem dos deputados e cortar despesas, porque a sociedade não agüenta mais pagar impostos – afirmou.

A eleição para a Câmara dos Deputados acontece no dia 14 de fevereiro, em Brasília.