Zuleido Veras e filho serão ouvidos no sábado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 23 de maio de 2007 as 20:43, por: cdb

O empresário Zuleido Veras, dono da construtora Gautama e apontado em investigação da Polícia Federal (PF) como o chefe do esquema de fraudes em licitações e desvio de recursos públicos, vai prestar depoimento à ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon neste sábado.

No mesmo dia será ouvido o filho do empresário, Rodolpho de Albuquerque Soares de Veras, dono de uma empresa que seria utilizada para transferir dinheiro para pagamento de propinas. A funcionária da Gautama Tereza Freire, que providenciaria dinheiro para as propinas, também vai prestar depoimento.

O último interrogado no sábado será Henrique Garcia de Araújo. Administrador de uma fazenda do Grupo Gautama, ele transportaria, segundo a PF, o dinheiro das propinas e teria exercido papel relevante na lavagem de dinheiro obtido pelo grupo. Por meio de compra e venda de gado, a propriedade seria usada para legalizar os recursos obtidos ilicitamente pelos envolvidos no esquema.