Zico vai vestir camisa do Corinthians

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de dezembro de 2001 as 12:59, por: cdb

Até fevereiro, no máximo, Zico vai jogar pelo time de masters do Corinthians, no Parque São Jorge. A camisa corintiana que vai usar já está pronta e só não será usada segunda-feira porque o ex-atacante do Flamengo e da Seleção Brasileira sofreu uma lesão no joelho e seguiu do Japão diretamente para Belo Horizonte, onde passou por uma operação feita pelo doutor Neylor Lasmar, médico e amigo desde os tempos de Seleção Brasileira.

A história de Zico com a camisa do Corinthians começou em maio, quando o clube paulista, a convite do próprio Zico, aceitou participar de um amistoso contra o Flamengo no CFZ (Clube de Futebol Zico). A pedido do presidente Alberto Dualib, os dois diretores de futebol master – Miguel Marques e Silva e Wágner Riviera Rodrigues – sugeriram ao jogador que atuasse pelo menos por 15 minutos com a camisa do Corinthians.

Zico gostou da idéia, mas se recusou a jogar contra o Flamengo, clube que o revelou para o futebol. “Nem com a camisa da Seleção eu jogaria contra o Flamengo”, justificou. Ele prometeu que não desprezaria a chance de vestir a camisa do Corinthians futuramente. “Para mim, sempre foi um sonho jogar pelo Corinthians e, principalmente, no Parque São Jorge.”

Os dirigentes corintianos levaram a promessa de Zico a sério. Planejaram um verdadeiro show para a próxima segunda-feira, dia 17, data em que o master ‘oficializado’ do Corinthians completará o primeiro ano de fundação. O adversário também foi escolhido a dedo: o Palmeiras de Luís Pereira, Edu Bala, Leivinha, Rosemiro e outras ‘feras’.

A inesperada lesão de Zico provocou o adiamento da festa planejada pelo Corinthians. O jogador tentou de todas as formas se recuperar sem a cirurgia. Aceitou até algumas infiltrações, mas isso não foi o bastante. A cirurgia corretiva foi a única saída e Zico teve de esquecer temporariamente o jogo pelo Corinthians. Mesmo assim, ofereceu-se para dar o pontapé inicial do jogo. A diretoria corintiana, no entanto, preferiu não queimar a idéia de ter Zico jogando no Parque São Jorge.

A festa deve ficar para fevereiro – e no Parque São Jorge, como quer Zico. No úlimo contato do clube com o jogador, quarta-feira, ele próprio reafirmou que faz questão de participar da festa jogando com a camisa número 10 do Corinthians. “A nossa relação com o Zico é muito boa, porque o Corinthians sempre participou das atividades do clube dele e o Zico é um cara que sabe reconhecer as coisas”, diz Vaguininho, um dos diretores do master corintiano

Pela honra de ver Zico com a camisa do Corinthians, uma tradição do Master será quebrada: Zico será o único jogador da história que jogará pelo master sem nunca ter defendido o time profissional corintiano. “Por ele (Zico), o Corinthians quebra o protocolo”, diz o outro diretor de futebol Master, o juiz de direito Miguel Marques e Silva.

O presidente Dualib ainda acrescenta: “O Zico é um símbolo do futebol brasileiro. É uma exceção. Pelo nome que tem, por seu comportamento exemplar, enfim, por tudo que ele representa, será um orgulho para o Corinthians e para qualquer corintiano ver o Zico com a nossa camisa”. Para completar a festa, o Corinthians planeja convidar também Casagrande e Sócrates, companheiros de Zico na Seleção Brassileira. Até a camisa de Zico no Corinthians já está pronta.