Xuxa lança Abracadabra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 14 de dezembro de 2003 as 15:24, por: cdb

 Abracadabra, o novo filme de Xuxa, é uma fantasia para crianças. A idéia foi juntar, em um único roteiro, vários personagens de histórias infantis. A apresentadora, que aparece para unir os contos, transforma-se na verdadeira princesa da carochinha, com direito a beijo do príncipe encantado.


– Sempre quis fazer um filme que juntasse essas histórias de um jeito divertido. Quando o Diler [Trindade, produtor] me trouxe o roteiro do Flávio [de Souza, de Castelo Rá-Tim-Bum], achei incrível – , fala a rainha dos baixinhos. Foi o motivo para dar uma parada na sequência de filmes sobre duendes, que ainda pode voltar,  e rodar esse novo projeto.

 
Na fita, Xuxa é Sofia, uma bibliotecária moderninha no visual, um pouco distraída e meio estabanada. É também muito romântica e vê em um amigo o príncipe de sua vida.

– Eu exagerei as minhas próprias características. Se ela ficou parecida comigo, a culpa é do Moacyr, que me pediu para ser natural – diz.

Matheus , vivido por Márcio Garcia, parece não querer nada com Sofia e, ao invés de pegá-la nos braços, pede que a moça cuide de seus dois filhos enquanto vai a uma festa. Sofia aceita triste e contente ao mesmo tempo porque, como a sua intérprete, adora crianças. O que seria uma noite de alegres brincadeiras se transforma em uma maluca aventura quando a bibliotecária e os pequenos encontram um livro encantado e caem dentro dele. Lá estão Branca de Neve, Gato de Botas, Chapeuzinho Vermelho, João e Maria e outros conhecidos dos contos infantis.


Para viver os papéis do ´mundo real”, o de Sofia, e os de caráter fantástico, foi escalado um elenco de 39 atores, muitos conhecidos da TV, além do grupo Rouge, que faz uma participação especial.

– Xuxa me ligou dizendo que tinha um papel de vilã para mim. Eu falei que meu sonho era ser a madrasta da Branca de Neve –  conta Claudia Raia. O papel era exatamente esse.

 – Os vilões são os melhores personagens porque conduzem a história-  afirma a atriz.

Dirigido por Moacyr Góes, Abracadabra foi rodado em quatro semanas.

– Tínhamos um cronograma bem montado. Além disso, foi quase tudo feito em estúdio – conta o diretor. A brincadeira saiu por R$ 5 milhões, mais R$ 2 milhões de divulgação. Serão 300 cópias no Brasil todo, 30 apenas em São Paulo.


Para Xuxa, o objetivo de tudo é dar às crianças a oportunidade de sonhar.

– Não é fácil conviver com a violência todos os dias.