Walter Decker: O inacreditável neomoralismo da Globo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 25 de agosto de 2011 as 18:24, por: cdb

Globo vê retrocesso nos “padrões morais” do país e muda abertura de novela que já foi apresentada e reapresentada em horário vespertino.

Trata-se de um dos grandes sucessos da Globo, a novela “Mulheres de Areia”, de Ivani Ribeiro, que volta a ser exibida a partir em setembro no “Vale a Pena Ver de Novo”, em substituição a “O Clone”.

Na noite de quarta-feira a emissora anunciou que vai refazer a abertura da novela, exibida originalmente no horário das 18h em 1993 e já reapresentada uma vez, no horário vespertino, no final de 1996.

A explicação da Globo é surpreendente.

Tendo como base seus Princípios e Valores, a Globo resolveu adaptar a abertura para o Vale a Pena Ver de Novo, tornando menos explícitas cenas de nudez. Embora esta abertura tenha ido ao ar com a novela em 1993, a emissora avaliou que não era compatível com os padrões morais atuais do país.

A novela, protagonizada por Gloria Pires e Guilherme Fontes, foi vendida para mais de 30 países. É uma adaptação de duas outras novelas de Ivani Ribeiro, a mesma “Mulheres de Areia”, exibida pela TV Tupi em 1973, e “O Espantalho”, que Record apresentou em 1977.

Fonte: Blog do Nassif

Comments are closed.