Wagner recebe cheque sem fundo do Botafogo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 11 de dezembro de 2002 as 23:44, por: cdb

O goleiro Wagner tem em suas mãos um cheque sem fundos de R$ 50 mil assinado pelo atual presidente do Botafogo, Mauro Ney Palmeiro. No entanto, o camisa 1 que entrou para a história alvinegra no título brasileiro em 1995 não quer briga – só quer dinheiro. E para isto, o futuro presidente Bebeto de Freitas, que assume em janeiro, acenou com um acordo.

Bebeto reconhece em Wagner um jogador importante na história recente do Botafogo. O goleiro, que não participou na campanha medíocre do time no Campeonato Brasileiro, defendeu o Santo André-SP no segundo semestre.

“O cheque bateu na minha conta, mas voltou. Estou aberto para negociar e se a nova direção quiser fazer um acordo, não tem nenhum problema”, comentou Wagner nesta quarta-feira, numa entrevista à Rádio Globo.