Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos adulterados

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de setembro de 2015 as 11:19, por: cdb

Por Redação, com ABr – de Frankfurt, Alemanha:

A Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos utilitários equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição, confirmou nesta terça-feira um porta-voz da fabricante alemã, citado pela AFP.

– Dos 11 milhões de veículos diesel manipulados vendidos no total, 1,8 milhão são utilitários – declarou Günther Scherelis, diretor da Comunicação da Divisão de Utilitários do grupo, confirmando uma informação da imprensa regional.

A Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos utilitários equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição
A Volkswagen vendeu 1,8 milhão de veículos utilitários equipados com o software que altera os resultados dos testes antipoluição

A Volkswagen admitiu na semana passada que equipou 11 milhões de veículos em todo o mundo com um software com capacidade para modificar os resultados dos testes antipoluição.

O grupo, que detém 12 marcas de automóveis, pesados e motociclos, tem divulgado a conta-gotas por marcas e países os números dos veículos equipados com o referido ‘software’.

A adulteração envolve 5 milhões de automóveis da marca Volkswagen (VW), 2,1 milhões do modelo de alta gama Berline da Audi e 1,2 milhões de Skoda.

Com os 1,8 milhão de utilitários anunciados nesta terça-feira, faltam cerca de 900 mil unidades adulteradas com o software, dos quais um determinado número deve ser da marca espanhola Seat.

Além da Alemanha, com 2,8 milhões de veículos, e dos Estados Unidos, de onde surgiu o escândalo, com cerca de 500 mil unidades, os números de veículos adulterados por países ainda não são conhecidos.

Na Alemanha, a Volkswagen foi intimada pelo governo para apresentar até 7 de outubro um roteiro e um calendário para chamar os proprietários dos veículos adulterados e para os equipar conforme as normas.

– Durante o fim de semana um grupo de trabalho elaborou um plano de ação de grande escala – declarou o novo chefe da Volkswagen, Matthias Muller, durante um encontro na noite de segunda com os quadros dirigentes da empresa. As declarações de Muller foram divulgadas nesta terça-feira de manhã à imprensa.