Volks do Brasil atinge recorde de exportações em agosto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de setembro de 2003 as 17:33, por: cdb

A Volkswagen do Brasil registrou em agosto a melhor marca de sua história em exportações. No mês passado, a montadora embarcou 16.329 veículos, entre automóveis,
comerciais leves, caminhões e ônibus.

No acumulado do ano, já rompeu a barreira das cem mil unidades montadas (102.077), comercializadas em mais de 30 países incluindo América do Norte, América Latina, Oriente Médio e agora também Europa, cujas exportações se iniciaram no final do mês – foi exportado o primeiro lote de Polo Sedan para a Alemanha.

O principal destino das exportações da montadora é o México, que adquiriu 53.355 unidades este ano. Em seguida, aparecem os Estados Unidos (19.373), Argentina (11.696) e Canadá (7.254). Outros mercados representativos para a Volkswagen do Brasil são Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, Líbia e Peru, segundo a assessoria de imprensa da montadora.

O campeão de vendas no exterior continua sendo o  Gol. No período de janeiro a agosto, foram comercializadas 49.199 unidades do modelo para cerca de 20 países, especialmente México e Argentina, países onde é líder de mercado também. O Golf somou 30.635 unidades exportadas nos primeiros oitos meses do ano, concentradas no mercado denominado dos Estados Unidos e Canadá.

Segundo a Volks, esse volume de exportações deve aumentar a partir de setembro, devido aos embarques do Polo Sedan para a Alemanha. A empresa prevê fechar 2003 com aproximadamente 180.000 unidades exportadas (150.000 veículos montados e 30.000 kits CKDs) para mais de 30 países, alcançando receita de U$ 1,45 bilhão e superávit na balança comercial (conta exportações x importações) da ordem de US$ 1 bilhão – o que configuraria novo recorde para o setor automotivo.

Tais resultados representam, segundo a Volks, crescimento superior a 10% sobre 2002, quando obteve exportações de 138.500 veículos montados e receita de US$ 1,3 bilhão.