Vitória magra do Vasco elimina vantagem para a decisão da Taça Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 26 de abril de 2015 as 18:17, por: cdb
O Vasco marcou o gol da vitória no último minuto da partida contra o Botafogo
O Vasco marcou o gol da vitória no último minuto da partida contra o Botafogo

A vitória do Vasco sobre o Botafogo, na tarde deste domingo, eliminou a vantagem do alvinegro para a partida de volta, semana que vem, no Maracanã. O alvinegro de General Severiano precisava de apenas dois empates para levar a taça. Agora, haverá disputa de pênaltis pela Taça Rio, no próximo domingo, se cada time vencer um jogo pelo mesmo saldo.

– Foi uma vitória merecida do Vasco. E magra. Pelo volume de jogo poderia ter feito mais um, embora não tenha chutado a gol. Mas o fato é que o Botafogo está sem poder de ataque. Está estéril. Ninguém ali tem jogada diferenciada a oferecer. Uma pena. Ele demorou a colocar o Sassá – disse o torcedor botafoguense e comentarista esportivo Fábio Lau, do site de notícias Conexão Jornalismo.

No total de jogos, a vantagem do Vasco é de 134 vitórias, 93 empates e 85 vitórias do Botafogo. Nas decisões, porém, o Alvinegro é mais eficiente. O Botafogo venceu todas as quatro finais do campeonato carioca que os dois times disputaram: 1948, 1968, 1990 e 1997. Além disso, conquistou três Taças Guanabara (1997, 2010 e 2013) e uma Taça Rio (2012) em cima do time cruz-maltino, e perdeu apenas duas taças GB para o Vasco (1965 e 1977).

No Campeonato de 1948, o certame era disputado por pontos corridos mas, por coincidência da tabela, as duas equipes se enfrentaram na última rodada, quando dividiam a liderança. Em General Severiano, o Botafogo não se intimidou diante do Expresso da Vitória e venceu por 3 a 1, com gols de Paraguaio, Braguinha e Otávio.

Após 20 anos, o quadro se repetiu. Os dois times chegaram ao final da competição dividindo a liderança. No dia 11 de junho de 1968, sob uma forte chuva num Maracanã lotado com mais de 140 mil pessoas, o Botafogo venceu por 4 a 0, gols de Carlos.

O Botafogo foi marcado pela defesa do Vasco
O Botafogo foi marcado pela defesa do Vasco