Visita do papa a Cuba marca novo passo diplomático com EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 19 de setembro de 2015 as 17:26, por: cdb

Por Redação, com agências internacionais – de Havana

O governo cubano o recebe com profundo sentimento de respeito e hospitalidade”. Assim o presidente de Cuba, Raul Castro, recebeu o papa Francisco, que partiu do Aeroporto de Fiumicino, em Roma, chegando a Havana na tarde deste sábado. Esta é a primeira etapa da décima viagem internacional do seu pontificado, durante a qual visita Cuba e os Estados Unidos.

O papa Francisco acena aos fiéis, no embarque para Havana
O papa Francisco acena aos fiéis, no embarque para Havana

O papa seguiu em um Airbus A330-200 da Alitália, e foi recebido com honras de Estado, na capital cubana. A imprensa da Santa Sé informou que, antes de ir para o aeroporto, o papa se despediu de uma família de refugiados sírios que foi acolhida na paróquia de Santa Ana, no Vaticano. O único evento programado para este sábado, em Havana, foi a cerimônia de boas-vindas, quando Francisco foi recebido pelo presidente cubano, Raúl Castro.

Agenda oficial

Na agenda oficial do Papa estão encontros com funcionários do governo, na tarde de segunda, mas não especifica em que momento ele se reúne com o presidente Raúl Castro. Existe ainda a possibilidade de ele se encontrar também com Fidel Castro, um compromisso que não está marcado, mas é possível, segundo o próprio Vaticano.

Francisco também irá participar de eventos religiosos e encontros com jovens em Havana e irá abençoar a cidade de Holguín do alto do monte Loma de la Cruz. O Papa deixa o país às 12h30 (13h30 em Brasília) de terça, com uma cerimônia de despedida programada para acontecer no Aeroporto Internacional Antonio Maceo, em Santiago de Cuba. Ele deve chegar aos EUA às 16 horas, onde será recebido pelo presidente Barack Obama e a primeira dama Michelle Obama.