Vilma pode ter seqüestrado uma terceira filha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de fevereiro de 2003 as 16:13, por: cdb

A polícia de Goiânia investiga sob sigilo a possibilidade de Carla Beatriz, de 32 anos, também não ser filha de Vilma Martins, a empresária goiana acusada do rapto do menino Pedrinho – roubado de um hospital em Brasília em 1986 – e da filha Roberta Jamilly, que na semana passada, descobriu por exame de DNA ser Aparecida Fernanda, roubada de uma maternidade em Goiânia em 1979.

O maior indício para os investigadores é a falta de semelhança física entre Carla e a suposta mãe.

Carla, que é registrada como sendo filha de Vilma e do primeiro marido dela, José Carlos Soares da Silva, mora na Itália e tem uma filha de 15 anos que vive com Vilma em Goiânia.