Vice-prefeito defende criação de cursos de graduação em Cinema e Teatro na USP de Ribeirão Preto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 9 de março de 2012 as 15:23, por: cdb

Ribeirão Preto, 10 de Março de 2012

Vice-prefeito defende criação de cursos de graduação em Cinema e Teatro na USP de Ribeirão Preto
Encontro reuniu, na reitora da USP de São Paulo, deputados da cidade, representantes da USP Ribeirão Preto, membros da ACI, artistas e produtores culturais

 

Fotos Divulgação

 
Ao participar de reunião ocorrida nesta sexta-feira, dia 9, na reitoria da USP – Universidade de São Paulo -, na capital, presidida pelo reitor João Grandino Rodas, o vice-prefeito de Ribeirão Preto, Marinho Sampaio, a secretária municipal da Cultura, Adriana Silva e vários representantes e ativistas na área cultural da cidade, defenderam a criação dos cursos de graduação em cinema e teatro no Campus da USP do município.

Eles estiveram no encontro a convite do deputado Duarte Nogueira Junior, que também contou com as presenças dos parlamentares Rafael Silva, Welson Gasparini e professores da USP Ribeirão Preto, representantes da Associação Comercial Industrial (ACI), vereador Marcelo Palinkas, entre outros.                      

“O encontro foi muito produtivo. Todos defenderam ações de cultura no município. E agradecemos por isso. Reforçamos a solicitação da criação dos cursos de cinema e teatro, que há muito tempo vem sendo pedido por grupos de teatro da cidade”, explicou Marinho Sampaio.    De acordo com ele, há anos Ribeirão Preto já comporta tais cursos. O município tem uma vida cultural bastante mobilizadora, com apresentação de peças e encontros de teatro.                                                                  

“A luta do Edgard Castro em favor do cinema, das artes e da cultura é conhecida. O trabalho e o envolvimento dele são conhecidos nacionalmente”, destaca a secretária da Cultura, Adriana Silva. “Os deputados presentes também compartilham desta luta, o que representa um importante reforço junto ao reitor da USP”, acrescenta a secretária da Cultura.