Vettel é pole na Austrália, Massa larga em 5ª

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 27 de março de 2010 as 11:25, por: cdb

A Red Bull conseguiu os dois primeiros lugares no grid de largada neste sábado, quando Sebastian Vettel tomou a pole position do decepcionado companheiro de equipe Mark Webber no Grande Prêmio da Austrália.

O alemão, que só tem 22 anos mas já é cotado para o título deste ano, fez sua volta em 1min23seg919, obtendo sua segunda pole em duas corridas. Enquanto a Red Bull justificou sua reputação como mais rápida na pista, os problemas de Lewis Hamilton continuaram.

O britânico, que foi fichado pela polícia na manhã anterior e teve sua Mercedes apreendida por “condução imprópria” depois de sair do circuito, só garantiu a 11a colocação para a McLaren.

– Não fui veloz o suficiente. Tirei tudo que o carro podia dar, mas não tinha mais aderência nos pneus – disse o piloto de 25 anos.

– É um pena, mas com sorte ainda vamos ter uma corrida boa amanhã – completou.

Vettel, que chegou em quarto na prova de abertura de temporada no Bahrein depois que uma falha mecânica o privou da liderança, vai buscar no domingo a quarta vitória para a Red Bull em cinco corridas.

– Antes de tudo foi um grande resultado para nós dois e a equipe – disse a jornalistas o alemão, que venceu quatro corridas no ano passado e foi vice-campeão mundial.

– Acho que é uma grande conquista – é melhor do que ter duas Ferraris lá na frente – disse.

Apesar de ditar o ritmo, Vettel disse que sua volta mais rápida estava “um pouco complicada no final”.

– Perdi um pouco de controle na volta 15, freei um pouco tarde e não entrei tão limpo na reta principal, então não foi o ideal, mas foi o bastante – disse.

Webber, que almeja se tornar o primeiro australiano a vencer em casa, foi só um décimo de segundo mais lento que Vettel e ficou desapontado após dar o tom da terceira bateria de treinos.

– Feliz não estou, teria adorado a pole. É muito melhor que minha largada no Bahrein… no fim das contas fiz o meu melhor – disse.

Fernando Alonso, da Ferrari, vencedor em sua estreia na escuderia italiana no Bahrein, largará em terceiro ao lado da McLaren do atual campeão mundial Jenson Button.

Michael Schumacher, o hepatcampeão recém-retornado à categoria após uma ausência de três anos, ficou em sétimo, um lugar atrás do companheiro de Mercedes, Nico Rosberg.

O gigante alemão disse que ficou satisfeito, mas frustrado com os outros carros quando buscou tempos melhores na pista.

– Tivemos uma sessão classificatória razoável hoje e estou em paz com o resultado, mesmo que tenha sido prejudicado pelo tráfico, especialmente em minha última volta – disse.

O brasileiro Felipe Massa, companheiro de Alonso, larga em quinto no domingo, quando a previsão de chuva e ventos fortes pode complicar as trocas de pneus e as estratégias da prova.
A Lotus foi a melhor dos três novos times, mas ficou fora ao lado de Virgin e Hispania (HRT) após a eliminação de seus pilotos na primeira sessão classificatória.