Vestuário e alimentação puxam inflação na segunda semana de março

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 16 de março de 2010 as 11:08, por: cdb

O índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), mostra variação positiva de 0,93% ou 0,05 ponto percentual (p.p.) na segunda semana de março, em comparação com a semana anterior. A alta foi puxada pelos setores de vestuário, que subiu 0,07%, e alimentação, com 2,42%.

Segundo nota divulgada nesta terça-feira, a alta no grupo alimentação deve-se aos itens in natura, como legumes e hortaliças, que subiram de 8,19% para 10,69% e frutas, que aumentaram de 2,84% para 3,36%. No grupo vestuário, a variação média do item roupas passou de 1,14% para -0,36%.

Cinco itens tiveram queda no período: transportes (de 1,38% para 0,79%), habitação (de 0,34% para 0,30%), saúde e cuidados pessoais (0,47% para 0,39%) e educação, leitura e recreação (0,007% para -0,02%). Outro item que registrou queda foi o de despesas diversas (de 0,42% para 0,20%).

Ainda de acordo com a nota, os itens que apresentaram maiores influências positivas foram tomate, com 45,33 p.p., açúcar refinado, 11,7 p.p., batata-inglesa, 10,22 p.p., leite tipo longa vida 5,49 p.p. e tarifa de ônibus urbano, 1,25 p.p..