Vendas em supermercados crescem 6,24% de junho para julho

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de agosto de 2011 as 11:28, por: cdb

Marli Moreira
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Os supermercados iniciaram o segundo semestre com aumento de vendas real de 6,24% em relação a junho e de 4,75% na comparação com julho do ano passado. Nos sete primeiros meses do ano, o movimento superou em 4,32% o registrado em igual período de 2010. Essas variações já levam em consideração os descontos da inflação do período, segundo o levantamento divulgado hoje (29) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Na avaliação do presidente da entidade, Sussumu Honda, o bom desempenho reflete o aumento da massa salarial. “A diminuição do desemprego com acréscimo de renda do trabalhador contribuiu para o resultado do mês.” Honda também destacou que o fato de o mês de julho ter 31 dias com cinco finais de semana, enquanto junho tem 30 dias, com quatro finais de semana, ajudou os estabelecimentos a vender mais.

A pesquisa indica ainda que o valor da cesta com os 35 produtos mais consumidos (AbrasMercado) teve queda de 1,09%, passando de R$ 299,24, em junho, para R$ 295,58, em julho. Na comparação com igual mês do ano passado, no entanto, a cesta ficou 8,95% mais cara.

Entre os produtos com maiores elevações de preços estão o sabonete (3,57%), a margarina cremosa (3,26%) e o feijão (2,73%). Os que tiveram as maires quedas foram o tomate (-17,75%), a batata (-11,40%) e o desinfetante (-2,97%).

Edição: Juliana Andrade