Vasp anula 200 demissões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 7 de outubro de 2004 as 21:02, por: cdb

A Vasp voltou atrás em mais da metade das 380 demissões feitas nos últimos dias. Segundo a presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Graziella Baggio, cerca de 200 funcionários que trabalham nos aviões terão suas demissões revogadas.

O presidente da Vasp, Wagner Canhedo, disse nesta quinta-feira que, em 30 dias, será aberto um plano de demissões voluntárias a todos os funcionários. Segundo ele, quando que a frota de aviões for recomposta, eles poderão ser chamados de volta.

A Vasp recebeu autorização do governo para importar seis Boeings 737-300 e, segundo Canhedo, a empresa negocia outras sete unidades até o fim de fevereiro.

Graziella afirmou que os outros 180 funcionários demitidos pela Vasp, todos aeroviários, isto é, que trabalham em terra, ainda vão aguardar uma negociação entre o sindicato e a empresa.

A sindicalista e Canhedo estiveram reunidos com o ministro da Defesa, José Viegas, no final desta tarde, quando o empresário entregou um plano de reestruturação para a empresa.