Vasco vence Volta Redonda com tranqüilidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de fevereiro de 2003 as 18:18, por: cdb

Sem precisar se esforçar muito, o Vasco venceu o Volta Redonda, que completou 27 anos de fundação neste domingo, por 2 x 0, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Carioca. Souza e Petkovic, de pênalti, fizeram os gols cruzmaltinos.

Com o seu resultado e a derrota do Flamengo para o Fluminense no Maracanã, o time de São Januário foi grande beneficiado da rodada, ao diminuir sua diferença para o líder Flamengo de quatro para um ponto. Já o Volta Redonda terminou a rodada segurando a lanterna, com apenas dois pontos.

O jogo começou com um grande susto. Logo no primeiro minuto, o atacante Carlinhos, do Vasco, se chocou com um zagueiro adversário e caiu em campo. Após o atendimento médico durante três minutos, o jogador voltou para o jogo, mas deixou a partida no intervalo e foi removido de ambulância para um hospital no município de Nova Friburgo.

Mesmo sem fazer um grande primeiro tempo tecnicamente e sem criar grandes chances de gol, o Vasco dominou as ações na primeira etapa. Jogando no meio de campo, Marcelinho ficou mais a vontade e fez sua melhor atuação com a camisa cruzmaltina até então.

Apesar do domínio territorial, o Vasco criou pouco. Na primeira meia hora de jogo, o time de São Januário ameaçou o gol adversário em apenas duas oportunidades, com Marcelinho e Pet cobrando faltas e numa cabeçada do atacante Souza após bela jogada de Siston.

O Voltaço, por sua vez, ameaçou o gol vascaíno em dois chutes, de Leozinho e Fia. O Vasco já merecia o gol quando, aos 42min, Petkovic lançou Marcelinho que, dentro da área, deu um toque sutil para Souza cabecear e abrir o placar.

Quem ameaçou primeiro no segundo tempo foi o volta Redonda. Aos 6min, Humberto, que entrou no lugar de Leozinho, bateu com perigo da entrada da área, mas para fora.

O Vasco, porém, tratou de acabar com os sonhos do Voltaço. Após belo passe de Marcelinho, Souza foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Pet bateu aos 11min e fez 2 x 0.

Dois minutos depois, Siston deu entrada desleal no lateral-direito Pingoto e, mesmo sem ter levado cartão amarelo, foi justamente expulso.

Com 2 x 0 no placar, o Vasco se acomodou e diminuiu ainda mais o ritmo. Tocando a bola e esperando o tempo passar, o time só voltou a ameaçar aos 22min, num forte chute de Marcelinho bem defendido por Everton.

Aos 30min, foi a vez do goleiro do Vasco brilhar. Após cruzamento, Guga cabeceou no ângulo e o goleiro vascaíno fez uma ponte sem dar rebote.

Com um jogador a mais em campo, o Volta Redonda passou a dominar as ações nos últimos 15min de jogo, mas, sem criar grandes chances, acabou não ameaçando de fato o gol do Vasco e o placar de 2 x 0 se manteve até o apito final.

VOLTA REDONDA 0 x 2 VASCO

Volta Redonda
Everton; Pingoto, Carlos André, Léo e Vitor Boleta; Cubango, Fia (Wallace), Mário César e Anderson Luís (Glauber); Guga e Leozinho (Humberto)
Técnico: Wilton Xavier

Vasco
Fábio; Russo, Alex (Rogério Pinheiro), Wellington Paulo e Siston; Henrique, Bruno Lazaroni, Marcelinho e Petkovic; Carlinhos (Cadu) e Souza (Léo Lima)
Técnico: Antonio Lopes

Data: 9/2/2003 (domingo)
Local: Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo
Juiz: William de Souza Nery
Cartões amarelos:Léo, Guga, Henrique, Souza, Bruno Lazaroni, Russo, Wellington Paulo e Petkovic
Cartão vermelho: Siston
Gols: Souza, aos 42min do primeiro tempo; Petkovic, aos 11min do segundo tempo