Vampeta se reúne com Rivellino para definir a situação no time

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 20:22, por: cdb

O volante Vampeta irá se reunir nesta terça-feira com o diretor-técnico do Corinthians, Roberto Rivellino, para definir sua situação dentro do clube. No último domingo, o jogador, irritado por não ter entrado no segundo tempo da partida contra o Goiás, disse que não jogaria mais pelo Timão até o final do ano e que ficaria apenas treinando por ainda ser funcionário do clube.

– Colocamos a ele claramente que é o técnico quem escala o time e faz substituição. Não há qualquer restrição quanto a isso – disse o vice-presidente do Corinthians, Antônio Roque Citadini.

– Espero que ele volte a jogar, até porque não há sentido um jogador no elenco que não queira jogar. Se não quiser, não fica no elenco. Se ele se dispuser a não jogar, ele rescinde o contrato dele – completou o dirigente.

O dirigente afirma também que não há nenhum pendência financeira entre o Corinthians e o atleta para justificar tal revolta. “Está tudo perfeito, estamos em dia com o Vampeta”, disse o diretor, que completou com um recado para o volante.

– Não somos reféns dele, até porque estamos quase um ano sem ele jogar. Ele faz falta, é um jogador de qualidade, mas não é insubstituível. Se ele se auto-excluir, será substituído – declarou.

– Se ele não fizer isso (pedir rescisão neste terça), é sinal que ele vai jogar. Ele não vai ficar lá encostando o corpo. O Vampeta é um grande jogador e não temos nada contra ele. Mas, de vez em quando, ele dá essas cambalhotas – afirmou Citadini.