Vampeta pode ficar sem receber no Corinthians

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 16:54, por: cdb

A queda-de-braço continua. Primeiro, Vampeta disse que não jogará mais pelo Corinthians em 2003, em protesto por não ter sido escalado pelo técnico Juninho Fonseca no jogo de domingo, contra o Goiás. Agora, veio a resposta da diretoria. O vice-presidente de futebol do clube, Antonio Roque Citadini, avisou nesta segunda-feira que o volante não receberá salários se não for treinar e jogar pelo time. – Ele tem contrato até 31 de dezembro. Se ele jogar, vai receber. Se não trabalhar, não recebe – disse o dirigente.

Citadini também defendeu a postura de Juninho Fonseca, que, segundo Vampeta, teria prometido colocá-lo em campo pelo menos 20 minutos. Mas o volante pentacampeão nem teve chance de entrar e até abandonou o banco e foi para o vestiário aos 42 do segundo tempo. “O técnico pode mexer como quiser no time”, afirmou o vice-presidente corintiano.

Sobre o caso de André Luiz, que terá o contrato rescindido com o clube, Citadini revelou que o acordo será assinado nesta terça-feira entre o jogador e o diretor-técnico Rivellino.