Vampeta não joga mais em 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 31 de março de 2003 as 19:51, por: cdb

O exame de ressonância magnética, realizado na tarde desta segunda-feira, confirmou que Vampeta precisará de fato ser submetido a uma cirurgia.

O volante sofreu lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e, de acordo com o departamento médico do clube, deverá ficar cerca de oito meses afastado dos gramados. Sendo assim, o pentacampeão está fora da Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro.

A contusão aconteceu durante o jogo contra o Atlético-MG, domingo, no Pacaembu. O Timão perdeu por 3 x 0.

Após o lance (o jogador se contundiu sozinho), Vampeta chorou muito. Nos vestiários, mais tranqüilo e aparentemente sem dor, o camisa cinco procurava demonstrar confiança. “Nunca me machuquei e não será agora. Vou bater um tambor em casa e tudo ficará bem”.

O médico do alvinegro, Paulo de Faria, anunciou que a cirurgia ainda não foi marcada. “O local continua bastante inchado. Iremos conversar com o atleta e escolher uma data apropriada”, colocou.

O médico corintiano disse que o atleta não está abatido. “Ele disse que irá ficar bom em 90 dias e eu serei demitido”.

Agora sem Vampeta, o técnico Geninho solicitará à diretoria a contratação de um outro meio-campista. Ao final da primeira fase do torneio sul-americano, cada clube pode fazer duas trocas.

Elenco lamenta

O drama de Vampeta sensibilizou seus companheiros de clube. “Perderemos muito. Ele é um líder dentro de campo, que orienta os mais jovens e sabe motivar o grupo como ninguém”, destacou Liedson.

Geninho também ficou abatido. “Ele é importante no aspecto técnico e psicológico. Além de tocar bem a bola e cadenciar o jogo, a sua presença em campo intimida os adversários. Todos respeitam um pentacampeão”.

Contra o Fénix (Uruguai), quarta-feira, Fabrício ganhará uma nova oportunidade. “Estou preparado para este desafio”, resumiu.