Valor bruto da produção da lavoura nacional deve atingir R$ 218 bilhões em 2012

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de março de 2012 as 14:55, por: cdb

Danilo Macedo
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O valor bruto da produção (VBP), que leva em conta os preços de mercado das 20 maiores lavouras do país, deve chegar a R$ 218,5 bilhões em 2012, de acordo com o levantamento divulgado hoje (12) pelo Ministério da Agricultura. A estimativa é 5,3% maior que o resultado consolidado do ano passado, atualizado, de R$ 207,4 bilhões.

Segundo o ministério, o crescimento seria maior se não fosse a estiagem na Região Sul entre o final de 2011 e o início deste ano. A seca, que afetou principalmente as lavouras de milho e soja, resultou em uma estimativa de queda do VBP do Sul de 15,9% para 2012. Considerando apenas o Rio Grande do Sul, o declínio previsto é 32,7% na comparação com 2011.

Embora pequena, o Centro-Oeste também apresentou diminuição no VBP. Ele ficou em 0,9%. As demais regiões, no entanto, tiveram crescimento que compensaram essas quedas, com destaque para o Sudeste, com elevação de 24,2%, e o Nordeste, com 31,4%. A previsão para o VBP da Região Norte subiu 7,7%.

Em valores, a estimativa do valor bruto da produção das cinco regiões brasileiras registraram: R$ 6,85 bilhões no Norte, R$ 27,93 bilhões no Nordeste, R$ 75,42 bilhões no Sudeste, R$ 46,56 bilhões no Sul e R$ 49,07 bilhões no Centro-Oeste.

Entre as lavouras, as que mais têm previsão de aumento são o algodão (27,4%), a batata inglesa (148,8%), o café (10,1%), a cana-de-açúcar (35,2%), o milho (10,2%) e o tomate (9,9%). Entre os que devem render menos estão o cacau (-35%), fumo (-28,6%), a laranja (-12,9%), soja (-13,1%), o trigo (-15,6%), a uva (-24,3%) e a maçã (-11,3 ).

 

Edição: Aécio Amado