Vaga e tranquilidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 12:07, por: cdb

Antônio Carlos valorizou conquista da vaga nas oitavas da Copa do Brasil (Crédito: AGIF)

A classificação na Copa do Brasil trouxe ainda mais tranquilidade a General Severiano. No treinamento desta manhã no CT João Saldanha, os jogadores exibiam a confiança conquistada com o avanço às oitavas na competição nacional. Satisfeito com a vaga, Antônio Carlos valorizou a atuação alvinegra.

“Foi um bom jogo. Sabemos que o Guarani tem uma boa equipe, em São Paulo estão bem. Fizeram um bom jogo contra o Palmeiras e ganharam por 3 a 1. Todos falaram que tínhamos que ganhar o jogo, mas conseguimos administrar bem a partida. Infelizmente aquela bola do Herrera não entrou, porque aquele gol nos daria maior tranquilidade e poderíamos tentar outros gols no contra-ataque”, analisou o zagueiro.

Além do lugar entre os 16 primeiros da competição e a tranquilidade garantida até sábado, a classificação trouxe a moral que o time precisava para enfrentar o Bangu, na semifinal da Taça Rio. Apesar da confiança em alta, Antônio Carlos não acredita em tarefa fácil no Stadium Rio,

“Será um jogo difícil. O Bangu vem muito motivado depois de passar por uma situação crítica, de fugir do rebaixamento. Vão tentar fazer o jogo do ano contra a gente. E nós também vamos fazer a nossa melhor partida”, garantiu o zagueiro alvinegro.

Uma das novidades na partida desta quarta-feira era a presença de Loco Abreu entre os reservas, motivo pelo qual o xerife levava consigo a braçadeira de capitão, antes carregada pelo uruguaio. Confiante no trabalho do técnico Oswaldo de Oliveira, Antônio fez questão de ressaltar que não existe qual quer tipo de problema no elenco.

“O Oswaldo é um cara que tem a personalidade muito forte e sabe o que está fazendo. Temos que fazer o que ele pede porque é tudo em prol da equipe”, destacou o xerife. “Quando ele chegou aqui, falou que não seriam 11 titulares, que outros teriam chance. E é isso que está acontecendo”, disse o alvinegro, que relativizou a marca de 21 jogos de invencibilidade alcançada nesta quarta-feira.

“É claro que a invencibilidade não é o mais importante. O mais importante é passar pelo Bangu e garantir nosso lugar na final”, encerrou.

O Glorioso decide uma vaga na final do returno do Carioca neste sábado, às 18h30, no Stadium Rio. Vasco e Flamengo se enfrentam na outra semifinal, no domingo.

Rodrigo Paradella