Uso da capacidade instalada mostra continuidade na recuperação da indústria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de março de 2010 as 12:23, por: cdb

A utilização da capacidade instalada da indústria ficou estável em janeiro, com os indicadores revelando pontando continuidade da recuperação da atividade industrial segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O faturamento real, porém, foi o pior para meses de janeiro desde 2005, quando teve início a série histórica.

A baixa do faturamento real chegou a 3,6% no mês passado, na comparação com dezembro. Em comparação a janeiro de 2009, porém, o faturamento teve incremento de 7,7%.

As horas trabalhadas no mês passado tiveram aumento de 0,6% na comparação com dezembro e de 3,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O mercado de trabalho avançou 2% em comparação a dezembro e 1% em relação a janeiro de 2009.

Quanto à capacidade instalada houve estabilidade. O indicador ficou 0,1 ponto percentual abaixo do resultado anterior. Em dezembro, o índice cresceu 81,5% e em janeiro deste ano,  81,4%. Em comparação a dezembro de 2009, o índice cresceu 77,8%.

– Janeiro de 2009 foi o momento mais crítico, quando todo o efeito da desaceleração da economia mundial foi sentida. A contração das exportações e a falta de crédito levaram à parada brusca da economia brasileira –, disse o gerente-executivo da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco.

Segundo ele, a partir de agora, os dados crescentes irão dominar na economia brasileira, sinalizando para a manutenção do crescimento