Usineiro acusado de assassinato consegue habeas-corpus

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de setembro de 2003 as 20:00, por: cdb

O usineiro Alexandre Titoto, suspeito de envolvimento no assassinato do analista financeiro Carlos Alberto Araújo, em fevereiro deste ano, conseguiu um habeas-corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Titoto, que estava preso no Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto, já foi liberado. O crime ocorreu no dia 23 de fevereiro. Segundo a polícia, o analista teria sido agredido dentro do escritório do usineiro e enterrado vivo em uma fazenda do próprio Titoto, perto da cidade de Serrana.