US Airways entra com novo pedido de concordata

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de setembro de 2004 as 05:37, por: cdb

US Airways decidiu entrar com um novo pedido de concordata. É o segundo pedido de proteção contra credores feito pela companhia em dois anos.

Sétima maior empresa aérea dos EUA, a US Airways encontrou dificuldades para sair da crise devido à severa competição e aos altos preços de combustíveis, além de ter falhado na tentativa de obter concessões trabalhistas.

A empresa, que tem 28 mil funcionários, pediu a primeira concordata, em 2002, havia acontecido por causa da crise do 11 de Setembro de 2001. No ano passado, a empresa tinha conseguido sair da proteção contra credores.