Ururau da Lapa vai homenagear o escritor Osório Peixoto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 06:52, por: cdb

O Ururau da Lapa quer mostrar as novas gerações de Campos, a história do escritor Osório Peixoto, que vai dar nome à nova passarela de Campos, recentemente inaugurada e que vai ser utilizada pela primeira vez pelas agremiações no desfile deste ano. Por isso mesmo, o carnavalesco Luiz Marques escolheu o poeta como homenageado e vai mostrar as suas obras na avenida. “Das letras ao asfalto – Osório, mais popular do que nunca”. Este vai ser o enredo da escola vermelho e branco no Carnaval deste ano.

– O trabalho de Osório é maravilhoso. Suas obras serviram de inspiração para fazer o carnaval da escola. O Ururau está dando uma contribuição para que as novas gerações possam conhecer ainda mais o seu trabalho – disse o carnavalesco, que este ano conquistou o título de campeão paulista pela Mocidade Alegre, onde foi o coreógrafo e figurinista, além de ter desenhado as fantasias da São Clemente, no carnaval do Rio de Janeiro.

O trabalho no barracão da Lapa segue em ritmo intenso e as fantasias e alegorias estão bem adiantadas. “Vamos fazer um trabalho para ser campeão e ficar na história como o primeiro campeão da nova casa do samba”, declarou o presidente Jaime Nolasco, que acompanha o ritmo intenso dos trabalhos para garantir o desfile da escola da Lapa.

Ururau da Lapa

Enredo – “Das letras ao asfalto – Osório, mais popular do que nunca”
Presidente – Jaime Nolasco
Cores – Vermelho e branco
Carnavalesco – Luiz Marques
Componentes – 800 a 1000 participantes
Alas – 16
Mestre sala – Daniel
Porta bandeira – Luana
Autor do samba – Francisquinho Caldas
Intérpretes – Niniu
Barracão – Rua do Gás (Lapa)
Mestre de Bateria – Mestre Diogo
Bateria – 85 componentes
Comissão de Frente – 15 componentes (coreógrafo Pedro Fagundes)
Carros – 5 alegorias e 1 carreta
Ensaios – Quintas-feiras (quadra da Lapa)

Postado por: Álvaro Sardinha – 19/04/2012 09:37:00

Últimas Notícias…