UPA – Unidade de Pronto Atendimento será inaugurada no próximo mês

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de março de 2012 as 16:13, por: cdb

Ribeirão Preto, 14 de Março de 2012

UPA – Unidade de Pronto Atendimento será inaugurada no próximo mês
A unidade pré-hospitalar será entregue até o dia 20 de março

 

Foto Tiago Morgan

 
A UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Ribeirão Preto, é uma unidade pré-hospitalar, com capacidade para atender 600 pessoas por dia, deve ser inaugurada na primeira quinzena do mês de abril. A informação é da prefeita de Ribeirão Preto Dárcy Vera.

O prédio da UPA, localizada na avenida 13 de Maio, 353, será entregue à Secretaria da Saúde até o dia 20 de março e a partir daí a prefeitura fará a instalação de todos os equipamentos necessários ao atendimento da população.

“A UPA de Ribeirão Preto terá uma estrutura fantástica. Podemos dizer que é uma das mais bem estruturadas do Brasil para atendimento de urgência e emergência. A população ganhará muito assim que a unidade entrar em funcionamento”, disse a prefeita Dárcy Vera.

A unidade abrigará a central do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – e contará com cerca de 50 salas, entre elas salas de sutura e curativo, serviços e posto de enfermagem, observações, sala de esterilização, farmácia, urgência e emergência e fraldário.

A obra, com 2.400 m², será o primeiro hospital com leitos de retaguarda de Ribeirão Preto. A expectativa é que essa unidade atenda uma média diária de 600 pessoas. A unidade também terá capacidade para realizar 100 internações por dia.

Na UPA serão prestados atendimentos de baixo, médio e alto nível de complexidade. O prédio terá uma separação, por cores, para cada tipo de atendimento: pronto atendimento de baixa complexidade será separado pela cor verde do prédio; semi internação – média complexidade, setor amarelo; e atendimento emergencial – alta complexidade, cor vermelha.

UPA – Unidade de Pronto Atendimento – As Unidades de Pronto Atendimento são estruturas de complexidade intermediária entre as Unidades Básicas de Saúde e as portas de urgência hospitalares, onde em conjunto com estas compõem uma rede organizada de Atenção às Urgências.

A estratégia de atendimento está diretamente relacionada ao trabalho do Serviço Móvel de Urgência – Samu- que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à sua situação.

 

Foto Tiago Morgan