União Européia investiga Microsoft

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 30 de agosto de 2001 as 15:16, por: cdb

A Comissão Européia confirmou, nesta quinta-feira, que poderá reunir em um único caso as duas investigações antitruste já em andamento sobre práticas monopolistas da Microsoft no setor de sistemas operacionais. Segundo a Comissão – que representa a União Européia – também estão sob investigação as denúncias de que a Microsoft teria usado o Windows de forma ilegal para alavancar o uso de seu aplicativo de reprodução de arquivos de som Media Player.

Em um comunicado distribuído pela Comissão, o organimso afirmou que esta iniciativa amplia a investigação independente – iniciada no ano passado – para averiguar se a empresa estaria usando o Windows e informações privilegiadas do sistema operacional de forma ilegal para ganhar vantagem competitiva sobre a concorrência, “adicionando uma nova dimensão às suspeitas de que as ações da Microsoft podem restringir as opções de escolha dos consumidores”.

A empresa está sendo acusada de ter violado a legislação antitruste européia ao utilizar “práticas ilegais para ampliar sua posição de domínio no mercado de sistemas operacionais com o objetivo de conquistar o mercado de servidores de baixo custo”.