Um projeto político e social em construção no Brasil e na América Latina – Um outro mundo é possível

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de junho de 2011 as 20:21, por: cdb

O IX FREPOP – VI Internacional firma seucompromisso e responsabilidade em construir um espaço onde se possacompartilhar as experiências de Educação Popular e sua intervenção narealidade. Nestes nove anos, centenas de educadores/as consolidaram o FREPOPcomo espaço para o debate respeitoso e horizontal, em paineis nacionais einternacionais, oficinas, mesas e rodas de conversa.

Nesta nona edição que será entre os dias 19e 23 de julho de 2011, na cidade de Lins, SP, o FREPOP atuará no tema “UMPROJETO POLÍTICO E SOCIAL EM CONSTRUÇÃO NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA – UMOUTRO MUNDO É POSSÍVEL”.

Na contramão do que apregoam os arautos doneoliberalismo, o recente período histórico do Brasil e da América Latinadesenvolveu capacidade extraordinária de inspirar parcelas da população paraatuar em movimentos sociais, sindicais, camponeses, urbanos, de comunidadestradicionais, mulheres, juventude, da população LGTBT, povos da floresta, entreoutros, promovendo por meio da Educação Popular os pilares do respeito aopróximo e da solidariedade social.

Foi na luta social que o povo latinoamericano se forjou, e ainda hoje resiste em várias frentes, sobrevivendo econstruindo sua condição histórica como sujeitos de direitos.

Há muito, o FREPOP extrapolou as relaçõesregionais, berço de sua história. Pois, nos reconhecemos nos quatro cantos dopaís, e nos cinco continentes, com centenas de homens e mulheres que sedesafiam a atuar junto ao povo e não em seu nome. Atuam por meio da EducaçãoPopular para que se possa reconhecer a interpretação popular do mundo de hoje,e, descrevê-lo na perspectiva de que o capitalismo não será o último modeloeconômico e social da humanidade.

Ao realizar sua IX edição nacional e VIinternacional, o FREPOP inscreve-se como um espaço de colaboração para aEducação Popular do Brasil e do mundo. Propõe reunir educadores/as e redes deeducação espalhados nos cinco continentes, em especial na América Latina e noBrasil, militantes sociais e pessoas que queiram compartilhar sonhos, utopias epráticas emancipatórias.

Nospainéis, mesas, oficinas e rodas de conversa, a proposta do FREPOP é apresentarem oito eixos temáticos as práticas populares que estão:

1) Combatendo a violência;
2) Construindo a Economia Popular: solidáriae autogestionária;
3) Resistindo e re-significando nascomunidades: originárias, quilombolas e camponesas;
4) Articulando as redes de Informação paraa organização social;
5) Promovendo a sustentabilidadealternativa do meio-ambiente;
6) Conquistas e lutas da mulher nasociedade;
7) Infância, Adolescência e Juventude: construçõese desconstruções;
8) Organizando a Educação Popular comopolítica pública na saúde, na educação, no campo, na cidade, nas comunidadesoriginárias, quilombolas e camponesas.

Como nas edições anteriores, a organizaçãoe a execução das tarefas do IX FREPOP – VI Internacional é voluntária. Custosoperacionais são assumidos por entidades parceiras da sociedade civil e setoresde governos que tem programas comprometidos com os pressupostos e da trajetóriado FREPOP.

Convidamos a todos/as para compartilhar suaforma de ver e estar no mundo, pois nenhum de nós pode tanto quanto todos nósjuntos.