Um em cada vôo atrasou na manhã deste sábado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 22 de dezembro de 2007 as 10:57, por: cdb

Quem decidiu viajar de avião para passar o Natal com a família enfrenta neste sábadomuitas dificuldades nos aeroportos do País. Segundo a Infraero, quase 24,2% dos vôos estão atrasados em mais de uma hora. Mais de 40 foram cancelados.  No Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, onde passageiros chegaram a esperar até 15 horas para embarcar na madrugada, quinze dos 60 vôos estão com atraso.

No Santos Dumont dois vôos atrasaram e quatro foram cancelados, dos 16 previstos para a amanhã deste sábado.

A promessa das autoridades do setor aéreo era de que as festas de fim de ano seriam sem caos nos aeroportos. Porém, apesar de avanços em relação ao ano passado, o quadro ainda está de sacríficio para os passageiros.

Por conta dos atrasos e cancelamentos, longas filas se formavam nos guichês de check-in. Nesta sexta, os passageiros que compraram bilhetes da Gol fizeram uma fila de 500 metros. Além do movimento maior por causa das festas, a Infraero atribuiu os problemas ao mau tempo.

No Aeroporto Internacional de São Paulo (Cumbica), em Guarulhos, dos 17 vôos previstos, 17 (20,5%) atrasaram. No Aeroporto de Congonhas foram registrados 11 atrasos (17,7%) de 62 vôos programados. O Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), que ficou fechado até pouco antes das 9h, registrou atraso em 53% dos vôos.
Em Confins, dos 30 vôos previstos, 16 (53,3%) atrasaram mais de uma hora e 6 (20%) haviam sido cancelados. Vôos que partiriam nesta manhã para Congonhas, Vitória e Rio de Janeiro foram cancelados.

Para o ministro Nelson Jobim, a situação é normal. O titular da Defesa recomendou aos passageiros que esperem os vôos tomando chimarrão. Há meses a ministra do Turismo, Martha Suplicy recomendou aos clientes das empresas aéreas, “relaxar e gozar”.