Último dia para docentes se inscreverem para a Formação de Prof. em Educação Socioambiental

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 19 de abril de 2012 as 07:51, por: cdb

Publicada em 19/04/2012 – Atualizado em 19/04/2012 10h46m

Último dia para docentes se inscreverem para a Formação de Prof. em Educação Socioambiental

No próximo dia 20 de abril, tem início a Formação de Professores em Educação Socioambiental para professores da rede pública de ensino. A qualificação acontecerá mensalmente no Centro de Educação Ambiental de Santa Maria (CEASM), na Rua Armando Ceccin, nº 165, Vila Pércio Reis, no Bairro Montanha Russa. As vagas para docentes da rede estadual já foram preenchidas, mas seguem abertas para os professores municipais até esta quinta-feira (19) pelo telefone (55) 3921-7253 ou pelo e-mail verlusimon@yahoo.com.br. A Formação tem carga horária de 40 horas e acontecerá até o mês de dezembro de 2012.

Promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Município da Educação (Smed), o curso irá oportunizar processos formativos que ampliarão a compreensão dos professores acerca dos problemas ambientais. O objetivo é que os docentes elaborem projetos de educação socioambiental em suas escolas. O programa geral do curso conta com os temas: Crise Socioambiental; Concepções e Práticas de Educação Socioambiental; Metodologia de Educação Socioambiental; Agenda 21 Escolar; e Elaboração/Execução de um projeto de educação socioambiental.

A iniciativa conta com a parceria da Universidade Federal de Santa Maria, Pró-Reitoria de extensão, Centro de Ciências Rurais, Unidade de Apoio Pedagógico, Secretaria de Município de proteção Ambiental, Programa Municipal de Formação em Educação Ambiental (Promfea) e da Rede Municipal de Educação Ambiental (Remea), 8ª CRE/RS, Unifra e Fundação MOÃ, Igreja Anglicana do Brasil, 2º Batalhão Ambiental, O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (CONDEMA) e Fisma.
 

Objetivos específicos

– Compreender a responsabilidade humana diante da crise socioambiental, assim como a necessidade de buscar alternativas a essa situação.
– Refletir com os professores sobre como realizar o trabalho de educação socioambiental nas diferentes séries e disciplinas da escola na qual atuam.
– Dar subsídios para que os professores possam elaborar projetos de educação socioambiental e executá-los em sua escola.
– Sensibilizar, conscientizar a comunidade sobre a necessidade de ações responsáveis com a situação socioambiental.
– Auxiliar na implantação da Agenda 21 Escolar.
 

Texto e foto: Maria Luiza Guerra