UAL/United Airlines anuncia prejuízo líquido de US$ 367 milhões

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de março de 2003 as 12:30, por: cdb

A UAL Corp., controladora da concordatária United Airlines, anunciou um prejuízo líquido de US$ 367 milhões em fevereiro e informou que cumpriu a primeira meta financeira de seu pacote de financiamento. A UAL entrou com pedido de concordata em dezembro último.

Naquela época, os credores liderados pelo Bank One Corp. concordaram em fornecer um crédito provisório de US$ 1,5 bilhão. Caso a UAL não conseguisse alcançar as metas financeiras, ela perderia o financiamento e a liquidação do risco.

Em comunicado, a UAL disse que os credores exigiram que a empresa atingisse um prejuízo Ebitdar cumulativo (lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização e aluguel de aeronaves) não superior a US$ 964 milhões entre 1º de dezembro de 2002 e 28 de fevereiro de 2003.

A United disse que os resultados em fevereiro foram beneficiados por mudanças contábeis menores do que o esperado relacionadas com a concordata, reduções temporárias de salário e cortes mais acentuados em custos trabalhistas.

A United iniciou o mês de fevereiro com um saldo em caixa de aproximadamente US$ 1,8 bilhão. Um decréscimo de aproximadamente US$ 300 milhões no período deixou o saldo de caixa em cerca de US$ 1,5 bilhão. Além disso, a companhia observou que está buscando ajuda financeira do governo dos EUA para amenizar o impacto da guerra sobre o setor aéreo.