Turquia acompanha com cautela tomada de Kikuk pelo curdos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de abril de 2003 as 10:27, por: cdb

Soldados curdos dizem ter tomado a cidade de Kirkuk, ao norte do Iraque, nesta quinta-feira, com ajuda de forças especiais americanas.

A única resistência, bem pequena, foi oferecida por membros do antigo partido Baath, pelo qual Saddam Hussein assumiu o poder em 1968.

No entanto as sedes do partido estavam todas saqueados, segundo Dumeetha Luthra, correspondente da BBC que viaja junto aos curdos.

O ministro das Relações Exteriores da Turquia, Abdullah Gul, disse que o seu país está observando os eventos com cuidado e que tomaria qualquer ação que julgue necessária.

A Turquia ameaçou intervir militarmente no norte do Iraque se as cidades ricas em petróleo de Kirkuk e Mosul forem tomadas pelos curdos.

O governo turco teme que o controle de áreas ricas em petróleo estimule os curdos a tentar criar um Estado independente no norte do Iraque, o que poderia servir de exemplo para os curdos do sul da Turquia.

As tropas curdas foram recebidas com muita festa pela população local. “Estou cercada pela multidão, que comemora o que parece ser a queda de Kirkuk”, afirmou Luthra.

Kirkuk é uma das duas cidades que concentram os principais poços de petróleo do norte do país – a outra é Mosul.