Turismo em Natal deve superar 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 6 de dezembro de 2003 as 13:43, por: cdb

Os empresários do turismo em Natal estão otimistas com a alta estação. O presidente da Associação dos Meios de Hospedagem e Turismo, Ademar Miranda, estima que a ocupação, de dezembro até o final de janeiro, chegará a 90%. Ele analisa que a estatística se torna ainda melhor se comparado a 2003, que foi um ano de incertezas na economia.

-As pessoas estão deixando para fazer as reservas de última hora-completa.

A expectativa da Secretaria Estadual de Turismo é fechar 2003 com 1,5 milhão de visitantes. Ademar Miranda lamenta apenas que a alta estação deve ir só até o final de janeiro.

-Será uma alta estação curta, mas de uma excelente ocupação-comenta.
   

O secretário adjunto de Turismo do Rio Grande do Norte, Armando José Silva, acredita que a média de ocupação nos hotéis superará ano passado.

-Nesse verão, poderemos chegar a uma ocupação média der 90%, o que é excelente- comenta.

 E a grande procura por Natal começou na última semana. Até este domingo,acontece na capital potiguar o Carnatal, carnaval fora de época e os hotéis ficaram lotados.

-O Carnatal é uma antecipação da alta estação-diz o secretário adjunto. 
    

 Para o turista que chega à Cidade do Sol neste final de ano, há uma atração a mais. A Prefeitura Municipal e Governo do Estado estão promovendo o “Natal em Natal”, um calendário de festividades que acontece durante 30 dias. O espetáculo “Um Presente de Natal”, com muita dança, música e teatro, começou a ser apresentado no último final de semana.

Na próxima semana, o espetáculo será encenado no Palácio da Cultura, em Natal. E nos dias 22 e 23 será apresentado o “Auto de Natal”, espetáculo que terá participação da cantora Elba Ramalho. Este ano, o Auto terá como fonte inspiradora o poema “Morte e Vida Severina”, de João Cabra de Melo Neto.
   

 Outro momento de muita procura é o réveillon. Os hotéis já começaram a comercializar os pacotes para a festa de final de ano. Na Via Costeira de Natal estão reservados as maiores comemorações. Nos hotéis cinco estrelas, o réveillon chega a custar R$ 1 mil, com mesa para quatro pessoas, incluindo o bufê.

O secretário adjunto confirma que a procura para o réveillon já está muito grande.     Nesse crescimento do turismo de Natal os turistas estrangeiros têm papel marcante. O Governo do Estado intensifica a negociação com as operadoras os vôos charters (fretados) e o resultado é a crescente chegada do visitante de fora do País. O mais novo charter é o da Finlândia, que virá semanalmente. Além dele, também há charters de Portugal, Espanha e Itália.
    

Pesquisa realizada pelo instituto Perfil e encomendada pela Secretaria Estadual de Turismo, em junho passado, revelou que os portugueses são maioria entre os estrangeiros. Em segundo lugar está a Argentina. Entre os Estados brasileiros, o líder no ranking de envio turistas para Natal é São Paulo. São 8,99%, contra 8,36% de pernambucanos, os segundos colocados.