Tumulto nas eleições do Vasco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de novembro de 2003 as 20:19, por: cdb

As eleições no Vasco transcorriam normalmente até o fim da tarde desta terça-feira, quando o ex-jogador de vôlei, Fernandão, da chapa da oposição, do candidato Roberto Dinamite, foi agredido com um soco no rosto por simpatizantes da situação, originando o primeiro momento de tensão em São Januário.

Segundo testemunhas, Fernandão havia empurrado o jornalista Áureo Ameno, eleitor confesso do atual presidente Eurico Miranda. Em resposta, o ex-jogador recebeu um direto no rosto desferido, segundo ele, por um integrante de uma torcida organizada do clube, que juntamente com outros torcedores, passaram a agredi-lo.

“Entrei sozinho e fui agredido por um grupo de pessoas, integrantes da torcida Força Jovem. Esperava que fosse um pleito tranqüilo e é isso que acontece. Fizeram uma covardia”, disse Fernandão à Rádio Tupi.

O jornalista Áureo Ameno, no entanto, deu outra versão para o incidente. “Saí para dar uma volta. Encontrei o Fernandão, que era até meu amigo, e ele veio me provocando e me empurrou. Depois voltei para o ginásio e fiquei sabendo do tumulto”, afirmou, também à emissora carioca.