Tsunamis matam mais de 100 pessoas nas Ilhas Samoa e número ainda tende a subir

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de setembro de 2009 as 11:44, por: cdb

Uma série de tsunamis atingiu na quarta-feira a Samoa Americana e a Samoa Ocidental, matando possivelmente mais de 100 pessoas, várias delas arrastadas para o mar, segundo autoridades. Algumas aldeias foram destruídas, e há centenas de feridos.

O presidente dos EUA, Barack Obama, declarou situação de desastre na Samoa Americana e liberou recursos federais para os esforços de recuperação. Um avião militar C-130 deve partir em breve do Havaí para o remoto território norte-americano no Pacífico.

Imagens de TV mostraram casas rachadas ao meio, carros submersos no mar ou em cima de árvores e grandes barcos de pesca encalhados por causa das ondas geradas por um terremoto de magnitude 8 a sudoeste da Samoa Americana.

Horas depois, um outro terremoto, de magnitude 7,9, ocorreu na ilha indonésia de Sumatra, levando o Centro de Alerta para Tsunamis do Pacífico a emitir um alerta válido para Indonésia, Índia, Tailândia e Malásia.

O primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, disse que pelo menos 60 pessoas foram mortas em Samoa Ocidental, que é um país independente. A imprensa local disse que havia três australianos entre as vítimas fatais.

Equipes de resgate ainda procuram corpos na costa sul da ilha de Upolu e dizem que o número de vítimas fatais pode passar de 100.

Pelo menos 20 localidades no lado sul de Upolu estariam destruídas, inclusive Lepa, onde vive o primeiro-ministro de Samoa Ocidental. A região tem grande atividade turística, e as ondas destruíram alguns resorts.

– Felizmente o alarme soou no rádio e deu tempo para que as pessoas buscassem terrenos mais altos. Mas nem todos escaparam – disse o primeiro-ministro Tuilaepa Sailele Malielegaoi, acrescentando que duas crianças foram varridas pelo mar quando eram levadas a um hospital para receberem tratamento contra gripe.

– O carro delas simplesmente foi levado embora. Estou chocado, entristecido demais por toda essa perda – disse ele a jornalistas num voo de Auckland, na Nova Zelândia, para Apia, a capital da Samoa Ocidental.

O governo australiano disse que entre os mortos há duas australianas – uma de 6 e outra de 50 anos -, além de seis cidadãos do país desaparecidos.

– Parece de fato que haverá uma perda substancial de vidas em Samoa – disse o ministro australiano da Ajuda, Bob McMullan.

Na vizinha Samoa Americana, há pelo menos 24 mortos e 50 feridos, segundo o governador Togiola Tulafono, que está no Havaí. De acordo com ele, a porção sul da ilha principal, Tutuila, foi “devastada”, e autoridades dizem que o número de vítimas fatais ainda pode aumentar.
Em Washington, Obama divulgou nota de pesar e disse que os EUA estão prontos para ajudar as duas Samoas.

– Vamos continuar a fornecer os recursos necessários para reagir a essa catástrofe, e vamos manter aqueles que perderam tanto em nossos pensamentos e orações – disse ele.

Alerta

Um alerta regional de tsunami emitido depois que um terremoto de magnitude 7,6 atingiu a ilha de Sumatra, na Indonésia, foi retirado, afirmou o Centro de Alertas de Tsunami do Pacífico.