Tropas de Saddam estariam avançando para o sul

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de março de 2003 as 13:04, por: cdb

Fontes militares americanas informaram que um grande número de soldados da Guarda Republicana do Iraque está se deslocando para o sul de Bagdá – aparentemente ao encontro de tropas americanas que lutam próximo à cidade de Nasiriyah.

O anúncio, realizado nesta quarta-feira, pode representar uma mudança na estratégia iraquiana, e desencadear batalhas mais violentas.

Até então, as tropas da Guarda Republicana (a elite do poderio militar de Saddam Hussein) estavam concentradas em Bagdá.

De acordo com as fontes militares americanas, há cerca de mil veículos no comboio, levando cerca de três mil soldados. Os soldados iraquianos encontram-se na Auto-Estrada 7, que liga Bagdá ao sul. Outros dois mil soldados da Guarda Republicana estariam posicionados em outras localidades da região.

Tempestades

Enquanto isso, fortes tempestades de areia continuam a impedir o avanço das tropas americanas rumo a Bagdá.

Os soldados que ainda lutam em Nasiriyah continuam encontrando certa resistência iraquiana, pelo quarto dia consecutivo, com uma intensa troca de tiros.

Os iraquianos também estão usando artilharias para disparar contra soldados e helicópteros americanos.

Um oficial americano disse que cerca de 650 iraquianos foram mortos no maior combate ocorrido até agora, perto da cidade central de Najaf.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos afirma que as tropas americanas travaram um violento combate contra as forças iraquianas na cidade, a cerca de 160 quilômetros ao sul de Bagdá.

Na terça-feira, o Pentágono havia informado que o número de mortos iraquianos estava entre 150 e 300
iraquianos.

O avanço de fuzileiros americanos a partir do sul do Iraque foi novamente interrompido pelas tempestades de areia, desta vez na cidade de Ash Shatrah, a cerca de 40 quilômetros ao norte de Nasiriyah.

Os fuzileiros também foram alvo de ataques esporádicos do que estão sendo chamados de guerrilheiros pelos americanos, próximo a Nasiriyah.

Atiradores iraquianos dipararam contra os soldados do alto de edifícios e de árvores.

O Pentágono, no entanto, diz que nenhum soldado americano foi atingido e que apenas alguns equipamentos foram danificados.

O correspondente da BBC no Pentágono, Nick Childs, diz que os combates e as batalhas têm se tornado mais intensos à medida que as tropas americanas avançam em direção a Bagdá.

Combates terrestres

Nas últimas horas, as tempestades de areia dificultaram os combates terrestres entre tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos e forças da Guarda Republicana do Iraque, que defende o controle de Bagdá.

As autoridades americanas afirmam que tropas da coalizão estão a cerca de 60 quilômetros da capital iraquiana. O comboio, no entanto, perdeu o apoio de helicópteros que acompanhavam a operação e tiveram de aterrissar devido ao mau tempo.

O governo dos Estados Unidos afirma que cerca de 20 soldados americanos morreram até agora nos combates, mas não revela o número exato de militares desaparecidos ou capturados pelas forças iraquianas.