Tripulantes da Soyuz perdem contato no retorno à Terra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de maio de 2003 as 09:20, por: cdb

Dois astronautas americanos e um cosmonauta russo que estavam na Estação Espacial Internacional retornaram à Terra neste domingo após um susto.

Controladores da missão perto de Moscou afirmaram que perderam o contato com a tripulação por alguns minutos depois que a cápsula espacial Soyuz, que trazia os tripulantes, aterrissou a 25 quilômetros do local previsto, no Cazaquistão.

Em seguida, de acordo com o comando da missão, helicópteros de busca encontraram a cápsula espacial e informaram que a tripulação parecia em bom estado de saúde.

O retorno dos três tripulantes havia sido adiado por dois meses, após o acidente com o ônibus espacial Columbia, que explodiu sobre o Texas em fevereiro.

Carona

Os americanos Ken Bowersox e Don Pettit são os primeiros astronautas da Nasa (agência espacial americana) a retornar para a Terra em uma nave espacial estrangeira.

A medida foi a solução encontrada pelas autoridades americanas para trazer os astronautas de volta depois do anúncio da decisão da Nasa de manter todos os seus ônibus espaciais em terra até que as investigações sobre o desastre do Columbia sejam concluídas.

Funcionários da agência espacial americana, acompanhados por uma equipe médica especializada, viajaram ao Cazaquistão para receber os tripulantes da EEI.

Após uma viagem de três horas e meia, a cápsula Soyuz – que também trouxe para a Terra o cosmonauta russo Nikolai Budarin – aterrissou no deserto do Cazaquistão por volta das 23h20 de sábado, no horário de Brasília.

Os três tripulantes da EEI faziam parte da Expedição 6 e passaram mais de 160 dias no espaço.

No começo desta semana, o astronauta americano Ed Lu e o cosmonauta russo Yuri Malenchenko, da Expedição 7, chegaram à EEI para substituir os outros três tripulantes.