Trem de alta velocidade ligará Portugal à Espanha

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de novembro de 2003 as 21:12, por: cdb

Madri e Lisboa ficarão unidas a partir de 2010 por trem de alta velocidade. Os países conectarão suas respectivas redes entre Badajoz e Elvas com uma duração máxima do percurso de 2 horas e 45 minutos.

O acordo foi assinado nesta sexta-feira, na Cúpula Ibérica de Figueira da Foz, perto de Coimbra, e neste sábado o anunciarão os respectivos primeiros-ministros, o espanhol José María Aznar e o português José Manuel Durão Barroso.

Além da ligação de TAV Madri-Lisboa, as fontes explicaram que em 2009 deveria estar concluido o primeiro trecho desse tipo, estipulado no último ano em Valência (Espanha), para ligar Porto e Vigo, que será a primeira etapa da futura linha. Essa linha se completará em 2013, com a TAV Lisboa-Porto, que segundo as fontes é prioritária para Portugal, porque se acredita que será a que terá maior demanda de passageiros.

Em 2015, deveria completar-se o terceiro dos quatro corredores de TAV hispano-lusos, entre Aveiro e Salamanca, e em 2018 espera-se que se complete outro entre Faróis e Sevilha, através de Huelva. Todos eles formam desde a ótica portuguesa o mapa das quatro saídas por TAV de Portugal à Europa, através da Espanha, com cujas redes desse tipo se interligarão.

Segundo fontes diplomáticas lusas, tanto a conexão Madri-Lisboa, como a que unirá Porto e Madri através de Salamanca, deverão permitir completar ambas as viagens em um máximo de 2 horas e 45 minutos, para serem competitivas com o avião.