Transbrasil começa a demitir

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de dezembro de 2001 as 02:37, por: cdb

A Transbrasil estuda a possibilidade de demitir 300 funcionários até o fim da semana. Os cortes na empresa já começaram com o objetivo de adequar o número de empregados ao tamanho da frota, hoje de apenas cinco aviões, segundo a assessoria de imprensa. A empresa pretende reduzir para um terço o número de funcionários responsáveis pelo funcionamento de cada avião. A proporção atual é de 400 funcionários por aeronave, mas o ideal, segundo a assessoria de imprensa, são 150 empregados por avião.

Na semana passada, o juiz Francisco de Barros, da 5ª Vara do Trabalho de Brasília, determinou o bloqueio de três aviões da Transbrasil, para garantir o pagamento dos salários e de rescisões de contratos dos funcionários que estão sem receber desde setembro. O juiz acredita que a situação é de risco para todos os funcionários. “A suspensão das atividades pode causar a demissão de toda equipe”, declarou.

Na semana anterior, a Transbrasil havia cancelado seus vôos, pois a Shell suspendeu o fornecimento de combustível para a companhia em razão da falta de pagamento. De acordo com fontes da empresa, circulava a informação de que os cortes poderiam atingir até mil pessoas.