Tranqüilidade marca dia do lançamento do euro na França

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de janeiro de 2002 as 18:49, por: cdb

Os franceses sacaram 24,45 milhões de euros nas primeiras sete horas de circulação da moeda única européia, segundo as autoridades monetárias do país. O número de saques feitos durante a madrugada – mais de 341 mil – reflete a curiosidade dos franceses com sua nova moeda. Apesar disso, os parisienses vivem o primeiro dia do euro com a tranqüilidade habitual de um feriado. Mas a situação pode ser bem diferente nesta quarta-feira, primeiro dia útil da nova moeda, quando sindicatos de bancários franceses prometem promover uma greve.

Os trabalhadores dos bancos franceses querem um aumento de salário e melhores condições de trabalho. Eles decidiram manter a paralisação, apesar dos apelos do ministro da Economia, Laurent Fabius, para que não fosse atrapalhada a transição do franco para o euro. Mas, segundo o jornal Le Monde, os sindicalistas se queixam de que não houve nenhum avanço nas negociações com o governo e os empresários e decidiram manter a greve.

Na terça-feira, os franceses realizaram saques de, em média, 71 euros. Segundo as autoridades, o normal em um feriado seria 61 euros.