Torben Grael lidera Sul-Americano de iatismo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 3 de janeiro de 2002 as 02:08, por: cdb

O iatista Torben Grael, que forma com Marcelo Ferreira a dupla brasileira mais afinada da Classe Star, a mais rápida da vela olímpica, venceu a primeira regata – longa e disputada longe da Baía da Guanabara – do Campeonato Sul-Americano, hoje, no Rio. Torben liderou a regata desde o início, ditando o ritmo para outros cinco barcos que vieram colados, em uma regata que considerou competitiva. “Velejar com essa turma eleva o nível da vela no Brasil”, observou Torben, dono de três medalhas olímpicas na Star – duas de bronze, conquistadas em Seul (88) e em Sydney (2000), e uma de ouro, nos Jogos de Atlanta (96).

O Sul-Americano segue até sábado, com 27 barcos. A segunda colocação na regata de abertura ficou para John King e Daniel Santiago. Em terceiro, chegaram Alan Adler (prata em Los Angeles, com Torben, na Classe Soling) e Rodrigo Meirelles e em quarto, Gastão Brum e Andre Lekszicki.

O melhor velejador do mundo em 2001, eleito pela Federação Internacional de Iatismo, Robert Scheidt, pentacampeão do mundo na Classe Laser, foi quinto colocado, com o proeiro Bruno Prada.

Robert não é um especialista na Star, mas vai diversificar na temporada, um “teste” para observar como se sente em outras categorias. Scheidt vinha em quarto na maior parte da regata, mas perdeu uma posição por causa do excelente desempenho de Alan Adler, que fez uma prova de recuperação. Adler contornou a primeira bóia em 20.º lugar, para chegar ao Iate Clube do Rio em terceiro.