Tiroteio assusta moradores do Chapéu Mangueira, no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 1 de junho de 2007 as 10:22, por: cdb

Traficantes trocaram tiros no morro do Chapéu Mangueira no Leme, Zona Sul do Rio, na manhã desta sexta-feira. De acordo com os moradores, granadas e balas traçantes estariam sendo usadas.

O tiroteio começou por volta das 4h30  quando os trabalhadores estavam saindo de casa e tiveram que voltar assustados. De acordo com a polícia, traficantes expulsos da favela estariam tentando retomar os pontos de vendas de drogas.

O confronto se concentra na parte alta do morro. Policiais Militares do 19º BPM (Copacabana) com auxílio de outras unidades estão reforçando a policiamento no local. O Batalhão de Operações Especiais também está no local. 

Creche fechada na quinta-feira

Na última quinta-feira, policiais voltaram a trocar tiros com traficantes no Morro Chapéu Mangueira, no Leme, na Zona Sul do Rio. Na madrugada de terça-feira, cerca de 40 traficantes também trocaram tiros com policiais do 19º BPM (Copacabana) no mesmo local. Segundo a Polícia Militar, o policiamento foi feito de forma ostensiva na comunidade, com carros e motos.

Uma creche, que atende cerca de 60 crianças no morro amanheceu fechada. A polícia informou que esteve no local, mas em nenhum momento foi informada do motivo do fechamento da creche.

O tiroteio teria começado na Ladeira Ari Barroso, quando a polícia percebeu a presença de dois homens armados em uma moto. O motoqueiro atirou contra os policiais, que reagiram. Na fuga, os criminosos abandonaram a moto e subiram para o interior da favela. Não houve registro de feridos.