Timão recebe The Strongest pela Libertadores

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de março de 2003 as 20:33, por: cdb

O Corinthians precisará driblar o seu ego para vencer a terceira partida consecutiva na Copa Libertadores.

Parece exagero, porém este é o pensamento do técnico Geninho, que nesta terça-feira, às 19h10, comandará a sua equipe contra The Strongest. A jogo será disputado no Estádio do Pacaembu.

O treinador teme que a vitória diante do Palmeiras (domingo), por 4 x 2, no segundo duelo válido pelas semifinais do Campeonato Paulista, tenha “empolgado demais” o grupo. O Timão fez uma grande apresentação e marcou três gols antes dos 18 minutos da etapa inicial.

“Temos que evitar o salto alto”, disparou. “É bom estar motivado. No entanto, não quero que passe dos limites”, acrescentou.

Com um discurso bastante firme, Geninho colocou o que espera dos seus comandados. “Não somos os melhores do mundo. Fizemos uma grande exibição e temos a obrigação de atuar sempre assim”.

Para o técnico, apenas os torcedores devem ficar entusiasmados. “Não controlamos o comportamento deles e a obrigação da massa é fazer a festa mesmo. Cabe a nós, profissionais, filtrar o lado positivo e corresponder”.

A preocupação de Geninho tem fundamento. Afinal, uma vitória deixa o alvinegro muito perto da segunda fase.

Em dois jogos, o Corinthians soma seis pontos (venceu Fénix e Cruz Azul). Os demais adversários do Grupo 8 contabilizam três pontos.

“O resultado positivo nos garantiria a pré-classificação”, arriscou Fabinho. “Deixaríamos de brigar pela vaga e passaríamos a lutar pela liderança da chave”, emendou.

“Libertadores é assim: você tem que vencer todos os jogos em casa e somar pontos no campo do adversário”, discursou o capitão Fábio Luciano.

Sobre o temor de Geninho, o zagueiro foi incisivo. “O espírito aguerrido será sempre o mesmo. Sabemos que a torcida com a Libertadores e não deixaremos que nada atrapalhe a nossa trajetória”.

Para não desviar as atenções dos jogadores, Geninho determinou que o São Paulo, adversário na final do Paulistão, fosse deixado de lado. “Nos preocuparemos com eles apenas na quarta-feira”, disse.

Equipe completa
Com o retorno de Fabinho, que cumpriu suspensão diante do Palmeiras, o Corinthians terá todos os titulares à disposição. As baixas serão Lucas (que se recupera de fratura no pé) e Fumagalli (expulso contra o Fénix).

Ao contrário do time paulista, o Tigre viajou para São Paulo com duas baixas: o zagueiro Rivera e o meia-atacante Cabrera – ambos contundidos. O craque do The Strongest, o costarriquenho Froilán Ledezma, está confirmado.

“O Corinthians é uma grande equipe, um rival de um nível técnico muito alto”, disse o técnico Luis Orozco. No final de semana, o The Strongest empatou com o Union Central, por 1 x 1, pelo campeonato nacional.

CORINTHIANS x THE STRONGEST

Data: 11/03/2003 (terça-feira)
Horário: 19h10
Local: Estádio do Pacaembu (São Paulo)
Arbitragem: Oscar Sequeira (ARG)
Transmissão: Fox
Ingressos:
Arquibancada: R$ 10 (meia R$ 5)
Arquibancada Especial: R$ (meia R$ 10)
Numerada: R$ 35 (meias R$ 15)

Corinthians
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Kleber; Fabinho, Vampeta e Jorge Wagner; Leandro, Liedson e Gil
Técnico: Geninho

The Strongest
Soria; Gutiérrez, Jiguchi e Martos; Coelho, Arteaga, Castillo, Cristaldo e Sartori (Olivares); Ledezma e Méndez (Gigena)
Técnico: Luis Orozco