Timão goleia União São João: 4 a 1

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de fevereiro de 2003 as 18:21, por: cdb

O Corinthians não encontrou dificuldades para garantir classificação às quartas-de-final do Campeonato Paulista. Jogando no Estádio do Pacaembu, a equipe comandada por Geninho derrotou o União São João por 4 x 1 e ficou com a segunda posição Grupo 3.

Com o resultado, o time de Parque São Jorge irá enfrentar o União Barbarense, primeiro colocado do Grupo 1. Apesar de ter ficado atrás do time do Interior paulista, o Timão jogará pelo empate.

O regulamento do Paulistão diz que o clube que tiver a melhor campanha, independentemente da posição em cada chave, jogará pelo resultado igual na partida única da próxima fase. Corinthians e União Barbarense terminaram a primeira fase com 13 pontos, mas o Timão tem saldo de gols melhor (cinco contra três).

O Corinthians entrou em campo sem o lado esquerdo titular. Gil, com contratura na coxa esquerda, e Kleber, com corte no pé, desfalcaram a equipe. E como em todas as partidas sob o comando de Geninho, a equipe demorou para engrenar na partida. Somente aos 13 minutos, chegou ao gol do União São João.

O aproveitamento não poderia ser melhor. Em sua estréia no Pacaembu, Jorge Wagner pegou rebote na entrada da área e chutou forte, sem defesa para Rafael. Foi o segundo gol do ex-cruzeirense com a camisa do Corinthians.

A partir daí, o Timão conseguiu tocar a bola tranqüilidade e errar poucos passes. Já o União São João estava totalmente perdido em campo. Tanto que o técnico Arnaldo Lira mexeu na equipe ainda no primeiro tempo.

O segundo gol não demorou para sair. Depois de cruzamento perfeito do lateral Rogério, Fumagalli cabeceou com tranqüilidade para o fundo da rede, aos 26 minutos. Liédson, Fabinho e o próprio Fumagalli tiveram chances para ampliar ainda na etapa inicial.

Sem a principal arma da equipe (jogadas pelo lado esquerdo com Kleber e Gil), o Corinthians optou por atuar mais pelo lado direito, atitude cobrada por Geninho desde que chegou no Parque São Jorge. Pelo menos neste domingo (23), o técnico gostou da atuação. “Fomos bem. O jogo foi importante também para treinarmos jogadas deste lado”, comemorou.

O panorama do segundo tempo não mudou. Tanto que o Corinthians chegou ao terceiro gol logo aos 10 minutos. Roger foi derrubado foi derrubado na entrada da área e o lateral Rogério cobrou falta com perfeição.

A facilidade era tanta, que o Corinthians relaxou na marcação. Com isso, o União São João tentou esboçar uma reação. Aos 19 minutos, Cristiano driblou Doni e marcou o único gol do time de Araras. As chances de encostar no placar acabaram com a expulsão de Branco.

Quanto tudo parecia que o resultado estava definido, Liédson fez o quarto gol do Corinthians. O atacante, que não marcava há quase vinte dias, aproveitou cobrança de falta perfeita do meia Jorge Wagner.

CORINTHIANS 4 x 1 UNIÃO SÃO JOÃO

Corinthians
Doni; Rogério, Fábio Luciano, Ânderson e Roger; Fabinho, Vampeta (Fabrício) e Jorge Wagner (Juliano); Leandro (Renato), Liedson e Fumagalli
Técnico: Geninho

União São João
Rafael; Milton, Ben-Hur, Diguinho e Belchior (Cristiano); Branco, Gilberto Gaúcho (Róbson), Wilson Matias e Magal; Osmar e João Paulo (Pelica).
Técnico: Arnaldo Lira

Data: 23/03/2003 (domingo)
Horário: 16h
Local: Estádio do Pacaembu (São Paulo)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Cartão amarelo: Belchior e Ben-Hur (União São João); Juliano (Corinthians)
Cartão vermelho: Branco e Magal (União São João)
Gols: Jorge Wagner, aos 13 min., e Fumagalli, aos 26 min. do primeiro tempo; Rogério, aos 10 min. e Liédson, aos 34 min. do segundo tempo.