Teto de Igreja desaba e mata na Etiópia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de janeiro de 2004 as 09:27, por: cdb

Pelo menos quinze pessoas morreram e várias outras ficaram feridas, algumas gravemente, na queda do teto de uma das igrejas mais antigas da Etiópia, escavada em formações rochosas, informou hoje, domingo, a imprensa.

Mais de 500 fiéis lotavam o templo de Mewa Tsadkan, situado cerca de 500 quilômetros ao nordeste de Adis-Abeba e construído há 800 anos. Eles comemoravam, na segunda-feira passada, a festividade de São Gabriel.

A notícia do acidente demorou vários dias para chegar à capital etíope devido às deficientes comunicações da remota região, cerca de 100 quilômetros ao norte de Gondar, a capital provincial.

A igreja de Mewa Tsadkan foi uma das construídas por ordem do rei Lalibela, que entre os séculos XII e XIII governou uma ampla parte da região hoje conhecida como “Chifre da África”.

O patrimônio cultural etíope tem dúzias dessas construções, escavadas em rochas há centenas de anos e que hoje representam uma das maiores atrações turísticas do país, além de serem centros de reunião religiosos de grande importância para a população.