Terroristas confirmam seqüestro de engenheiro brasileiro no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 22 de janeiro de 2005 as 21:08, por: cdb

A Odebrecht confirmou neste sábado que João José Vasconcellos Jr. é o funcionário da empresa seqüestrado quarta-feira em Beiji, no Iraque. Neste sábado, a TV Al- Jazeera apresentou um vídeo em que o grupo Esquadrões Mujahedin informou ser o responsável pelo rapto do brasileiro.

A Odebrecht, no entanto, não informou ainda se há realmente outro brasileiro que teria sido morto no mesmo ataque de Vasconcellos Jr ou se houve erro de informação por parte do grupo iraquiano. Isso porque, quando foi noticiado o seqüestro do funcionário da Odebrecht na quarta-feira passada, informou-se também que no mesmo ataque morreram um sueco e um britânico. O grupo Mujahedin disse que teria matado um brasileiro e um britânico.

Depois de tomar conhecimento do vídeo da Al-Jazeera, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, foi para o Itamaraty, onde está em contato com a Odebrecht e embaixadores brasileiros na região. Ele disse que, neste caso, a situação é complicada porque não há embaixada no Iraque. Por questão de segurança, o Brasil desativou a representação iraquiana em 1991. Depois do vídeo da Al-Jazeera, Amorim confirmou que o seqüestro é político. Antes disso, acreditava-se que a ação poderia ser criminosa.