Terroristas chechênos têm mais 36 mulheres-bomba prontas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de maio de 2003 as 12:03, por: cdb

O chefe da guerra tchetcheno Chamil Bassaiev formou um grupo de 36 mulheres “kamikaze” para cometerem atos terroristas na Tchétchenia, anunciou nesta quinta-feira o Ministério do Interior local, na sequência de um atentado aparentemente cometido por uma delas.

Segundo a porta-voz do ministério, citada pela agência Interfax, a “kamikaze” Chakhida Baimourova, que morreu na explosão desta quarta na região de Goudermes, “poderá ser uma das 36 formadas por Bassaiev.

O atentado, que provocou 16 mortos e 45 feridos graves, visava aparentemente o chefe da administração tchetchena pró-russa Akhmad Kadyrov, que assistia a uma festa religiosa muçulmana na presença de milhares de fiéis.