Termina rebelião de presos no Paraná

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de novembro de 2003 as 08:46, por: cdb

A rebelião envolvendo 21 presos da sétima galeria da Penitenciária Estadual de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, terminou por volta das 23 horas desta sexta-feira, 13 horas após seu início. Catorze detentos que têm penas a cumprir em outros estados foram levados para o Centro de Observação Criminológica e Triagem (COT), ao lado do presídio provisório de Curitiba, no bairro do Ahu, e os dois últimos reféns foram liberados. Eles não sofreram nenhuma violência física.

Secretaria de Justiça e Cidadania do Paraná deve iniciar na segunda-feira a remoção desses Catorze presos para os estados de São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul – uma das exigências dos presos para terminar o motim. Os outros sete presidiários que participaram da rebelião optaram por permanecer na PEP.

Durante a rebelião, dois presos – Saneu Aparecido Santos e Maikon Júlio Passos Ferreira dos Santos, ambos paranaenses – foram mortos pelos companheiros, em razão de divergências entre facções criminosas. O secretário de Segurança Pública do Paraná, Aldo Parvianello disse que será instalada uma sindicância para ver onde houve “equívocos” de segurança.